Ministro italiano agradece apoio de Lula à Expo Milão 2015

O ministro das Políticas Agrícolas da Itália, Maurizio Martina, agradeceu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o brasileiro José Graziano, pelo apoio ao Protocolo de Milão, documento com propostas de combate à desnutrição que será apresentado ao final da Expo 2015.

Em artigo publicado na edição desta segunda-feira (1º) do jornal italiano "Corriere della Sera", Lula e Graziano reiteram que visitarão a feira universal nos próximos dias e que deixarão seus nomes na lista de signatários do Protocolo.

"A Carta de Milão é o documento que traz o legado da Expo Milão 2015. O texto aborda várias questões cruciais, tais como: o escândalo do desperdício de alimentos, a necessidade de assegurarmos comida em quantidade suficiente para uma população mundial em crescimento, preservando o meio ambiente, e o papel crucial das mulheres no desenvolvimento", diz o texto.

Segundo eles, o documento é uma oportunidade para o mundo se envolver em uma "discussão sobre o futuro da agenda de desenvolvimento global". "A vontade deles de subscrever o Protocolo é um testemunho forte para todos, já que chega de duas pessoas que tanto fizeram pela luta contra a fome e a pobreza", declarou Maurizio Martina, que ainda exaltou o Bolsa Família.

De acordo com o ministro, o programa criado por Lula permite que muitos cidadãos tenham o que comer todos os dias.