Oito opositores venezuelanos anunciam greve de fome

Medida é para demonstrar apoio aos presos políticos

Oito opositores ao governo de Nicolás Maduro anunciaram nesta sexta-feira (29) uma greve de fome em apoio aos presos políticos Leopoldo López e Daniel Ceballos. Eles decidiram realizar a medida após os dois detidos divulgarem um vídeo no último sábado (23) anunciando que também ficariam sem comer dentro do presídio em que cumprem penas há mais de um ano.

A de López, especialmente, é considerada uma prisão política, já que ele nunca foi a julgamento pelos supostos crimes cometidos. No vídeo, ambos também convocaram uma marcha geral contra o governo para amanhã (30). Para encerrar a greve de fome, os oito opositores afirmam que será preciso libertar os detidos e cessar a repressão e a censura contra quem se opõe a Maduro. O governo não se pronunciou sobre o fato.