Opositor de Blatter, Hussein pede nova liderança na Fifa

Príncipe jordaniano disputará Presidência da entidade

O vice-presidente da Fifa e príncipe da Jordânia, Ali Bin Al Hussein, emitiu uma nota nesta quarta-feira (27) em que pede uma "nova liderança" para a entidade máxima do futebol. "A Fifa tem necessidade de uma nova liderança que governe, guie e proteja as nossas associações nacionais. Uma liderança que assuma as responsabilidades das próprias ações e não busque por culpados", disse Hussein comentando as prisões efetuadas hoje em Zurique, na Suíça.

Para o único opositor do atual mandatário no pleito da próxima sexta-feira (29), a situação é insustentável e os dirigentes não podem "continuar com a crise na Fifa, uma crise que está em curso e é relevante não só pelos fatos de hoje".

Hussein ainda afirmou que a missão do novo presidente da entidade precisa "recuperar a confiança de centenas de milhões de apaixonados pelo futebol em todo o mundo".