Itália registra aumento no número de contratos de trabalho

Em abril, saldo positivo foi de 48 mil novos postos

O número de novos contratos de trabalho na Itália registrou mais um saldo positivo no mês de abril: foram mais de 48 mil novos postos criados no mês, informou o Ministério do Trabalho nesta segunda-feira (25). Ao todo, foram assinados 171.515 contratos sem tempo determinado contra 122.979 desligamentos no mês. 

Além disso, o número é muito superior ao número de contratações formais realizadas no mesmo mês de 2014, quando ocorreram 112.839. Até abril, as ativações no complexo de novos contratos de trabalho - de todas as categorias - foram 756.926, cerca de 210 mil a mais em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado do último mês já tem a influência direta da reforma trabalhista, promovida pelo governo de Matteo Renzi, a chamada "Jobs Act". Nos dados, é possível verificar que as empresas buscaram fechar mais contratos de tempo indeterminado do que aqueles de períodos de tempo curtos.