Itália prende megaquadrilha de falsificação de euro

Grupo integrava o "Napoli Group", formado por 11 organizações especializadas

A polícia italiana desmantelou nesta quarta-feira (26) uma quadrilha responsável pela produção de 90% das notas de euro falsas que circulam pelo mundo. A quadrilha integrava o "Napoli Group", formado por 11 organizações da região da Campânia, cada uma especializada em uma etapa do processo, como produção, estoque e transporte do dinheiro falso.    

O grupo também mantinha contato com criminosos em outros países e enviava a maior parte das notas para a Europa e África. A operação, conduzida pelo Comando Antifalsificação Monetário e pelas polícias de Nápoles e Caserta, resultou na prisão de 56 pessoas, acusadas de associação delinquente e falsificação. 

Até o momento, a polícia não encontrou indícios de que a quadrilha tenha relação com a máfia da Camorra, que atua na região. Porém, a hipótese não foi descartada.