Em Roma, FAO renova compromisso de combate à fome

No discurso de encerramento da 2ª Conferência Internacional sobre Nutrição da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês), o diretor geral da entidade, José Graziano, afirmou que "a desnutrição é causa número um das doenças no mundo". Segundo ele, "Se a fome fosse uma doença contagiosa, já a teríamos erradicado", disse.

Durante o evento, foi criada a "Carta de Roma", uma série de compromissos dos governos na luta contra a fome. Além disso, o documento possui um plano de ação com sessenta recomendações. "Essa conferência marca o início de um esforço renovado", disse Graziano.

A conferência, realizada na capital italiana, contou com a participação de representantes de 170 países, entre eles, o papa Francisco, que discursou no início do evento. Cerca de 2,2 mil participantes e 150 representantes da sociedade civil, além de uma centena de membros de empresas, também estiveram presentes.