Ataque jihadista mata pelo menos nove nigerianos no Mali

Pelo menos nove capacetes azuis nigerianos, militares que integram as forças de paz da Missão das Nações Unidas no Mali (Minusma), foram mortos hoje (3), em um ataque próximo de Gao, no Norte do país, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU).

Conforme comunicado da ONU, pela manhã um contingente nigeriano da coluna da Minusma foi alvo de ataque quando se dirigia à localidade de Indelimane. 

A Minusma não identificou os autores do ataque, mas um oficial nigeriano da missão informou que a emboscada foi feita por islamitas do Movimento para a Unidade e Jihad na África Ocidental (Mujao).

Ligado ao grupo Al Qaeda, o Mujao faz parte dos jihadistas que controlaram o Norte do Mali de 2012 a 2013, antes de serem afastados por uma intervenção internacional iniciada em janeiro de 2013.