'NYT' anuncia que vai demitir 100 jornalistas

Jornal fará plano de demissões voluntárias e fechará aplicativo

O jornal The New York Times (NYT), uma das empresas jornalísticas mais influentes do mundo, anunciou nesta quarta-feira (1), que vai demitir 100 profissionais, o que representa 7,5% do seu corpo de jornalistas. Além disso, vagas administrativas também serão cortadas.

    O editor do jornal, Arthur Sulzberger e o administrador Mark Thompson, afirmaram que o grupo também vai incentivar ás demissões voluntárias. Além do novo corte de funcionários, depois de dois anos, o NYT vai fechar o aplicativo NYT Opinion, que não obteve assinaturas suficientes. "Os cortes de vagas são necessários para controlar os custos e permitir investimento no futuro digital", afirmou comunicado do editor e administrador.

    Antes do NYT, os jornais Wall Street Journal e o Usa Today haviam demitido dezenas de funcionários em setembro. (ANSA)