Homem armado entra em elevador junto com Obama

Serviços Secretos dos EUA falham mais uma vez

 Os Serviços Secretos norte-americanos voltaram a falhar quando permitiram que um homem armado e com antecedentes criminais entrasse no elevador onde se encontrava o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, revela nesta quarta-feira (1) a imprensa norte-americana.

    O fato, reconstruído pelo jornal "Washington Post" ocorreu em 16 de setembro passado quando Obama estava em Atlanta visitando centros de controle e prevenção de doenças.

    Um funcionário de uma empresa de segurança conseguiu entrar no elevador onde estava o presidente norte-americano e o começou a filmar com um celular, foi então que os agentes do Serviço Secreto abordaram o homem.

    Os agentes interrogaram o segurança e descobriram que ele já tinha sido três vezes condenado por crimes de agressão, só depois perceberam que o homem portava uma arma.

    Ainda ontem (30) as falhas do Serviço Secreto, agência responsável pela segurança de Obama foi objeto de uma audição no Congresso norte-americano.

    Julia Pierson, diretora do Serviço Secreto, assumiu "toda a responsabilidade" pela recente invasão à Casa Branca, assim como outros episódios similares.

    "O que aconteceu é inaceitável e nunca vai acontecer de novo", acrescentou Pierson, a primeira mulher a assumir este cargo no país. O fato do segurança que entrou no elevador com Obama aconteceu alguns dias antes de um homem identificado como Omar Gonzalez, de 42 anos, ter tentado entrar na Casa Branca.(ANSA)