Líder norte-coreano passa por cirurgia e se afasta

Kim Jong-un não tem aparecido em público em setembro

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, tem desfalcado todos os eventos públicos desde o início de setembro.

    A imprensa local especula que a ausência se deve a uma cirurgia feita pelo mandatário para corrigir uma fratura nos tornozelos. De acordo com o jornal "Chosun Ilbo", Kim foi submetido a uma operação nos dois tornozelos em meados de setembro e ainda estaria internado no hospital Bonghwa. Uma fonte entrevistada pelo jornal disse ter ficado sabendo que o líder sofreu uma fratura em junho, no tornozelo direito. Por não ter sido bem tratada, logo a fratura se agravou e prejudicou o tornozelo esquerdo. A televisão estatal norte-coreana, a KCTV, por sua vez, admitiu que o general está se recuperando de um distúrbio, mas sem dar informações sobre as verdadeiras condições de saúde de Kim Jong-un, que enfrenta sobrepeso, além de sofrer de gota e diabetes. Aos 31 anos, Kim é líder da Coreia do Norte desde dezembro de 2011. (ANSA)