Buscas por vítimas de vulcão japonês são suspensas

Até o momento, 12 pessoas morreram por erupção inesperada

As buscas por vítimas do vulcão Ontake foram suspensas nesta terça-feira (30) por causa do mau tempo e da atividade vulcânica, informaram as autoridades japonesas.

    Segundo eles, os "tremores crescentes" no local não dão segurança para as equipes de resgate.

    O vulcão entrou em erupção, inesperadamente, no último sábado (27) e surpreendeu quase 300 pessoas que estavam no local a passeio ou escalando a montanha. Cerca de 850 agentes da polícia, bombeiros e militares das forças de Defesa estão atuando na região.

    Oficialmente, 12 pessoas morreram. Mas, as autoridades evitaram confirmar as mortes de 24 turistas que estavam sofrendo de "parada cardiorrespiratória" ao serem socorridos. Estima-se que 40 pessoas estavam no topo do vulcão quando ele entrou em atividade. As autoridades confirmaram que 63 pessoas ficaram feridas, mas não sabe precisar o número de desaparecidos. (ANSA)