Erupção de vulcão adormecido deixa criança morta na Itália

Seu irmão ficou desaparecido e está sendo procurado pela Polícia

Um pequeno vulcão adormecido entrou inesperadamente em erupção na reserva de Macalube d'Aragona, na Sicília, neste sábado (27), deixando uma criança de sete anos morta e outra de 9 desaparecida - ambas pertenciam à mesma família.    

O pai das vítimas, que é policial, participa da operação de busca junto a força de segurança local. Resgate está sendo realizado com o auxílio de cães farejadores e Polícia tenta descobrir se há outros desaparecidos.    

De acordo com testemunhas, foi ouvida uma explosão repentina, quando uma coluna de lava explodiu no céu, jogando respingos "que pareciam bombas", causando terror entre os turistas que visitavam o local. Episódio ocorreu por volta das 12h30 (cerca de 7h30 no horário de Brasília).    

A família atingida estava comemorando o aniversário de 9 anos do menino que desapareceu em decorrência da erupção. A última explosão violenta de vulcões na reserva de Macalube ocorreu cerca de seis anos atrás. O local atrai milhares de turistas anualmente.    

Macalube, Maqlub em árabe, que pode ser traduzido como "terra que se revolta", é um exemplo do fenômeno geológico conhecido como "vulcanismo sedimentar".