'Sumiço' de Kim Jong-un aumenta boatos sobre doença

Líder não participou de sessão da Assembleia Suprema do Povo

A segunda sessão anual da Assembleia Suprema do Povo da Coreia do Norte foi aberta na quinta-feira (25) em Pyongyang sem a presença de Kim Jong-un, reforçando os boatos sobre o estado de saúde do jovem líder de 31 anos.

    O ditador não é visto em público desde o último dia 3 de setembro e, segundo a emissora estatal do país, citada pela agência japonesa Radiopress, ele sofre de um "problema físico" não especificado. No entanto, observadores também especulam que Kim pode ter apenas tirado um período de repouso.

    O líder subiu ao poder no final de 2011, após a morte do seu pai, Kim Jong-il. (ANSA)