Grã-Bretanha aprova ataques aéreos contra o Estado Islâmico

Parlamento aprovou medida proposta por premier

O Parlamento britânico aprovou nesta sexta-feira (26) ataques aéreos do país contra o Estado Islâmico (EI, ex-Isis) no Iraque. Agora, o Reino Unido está, oficialmente, na coalizão formada por mais de 40 países contra os jihadistas. Proposta havia sido formulada pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron. Mais cedo, o premier havia declarado que a missão durará anos. "Será uma missão que não durará algumas semanas, mas anos. Devemos estar prontos a este tipo de compromisso", destacou Cameron.

    O país, no entanto, não enviará tropas terrestres ao Iraque.