Republicanos exigem condições para aprovar aumento da dívida, diz Boehner

Condição seria alterar lei do sistema de saúde que ficou conhecido como Obamacare

O presidente da Câmara dos Estados Unidos, John Boehner, declarou neste domingo (06/10) que os republicanos não concordam com a elevação do teto da dívida sem que condições para conter o déficit sejam aceitas. Para ele, antes de aprovar o teto, é preciso antes tratar dos problemas relacionados a ele. 

Os Estados Unidos entram hoje no sexto dia de paralisação do governo. Os republicanos exigem mudanças na lei do sistema de de saúde do presidente Barack Obama, o Obamacare, como condição para apoiar medida para financiar agências governamentais. Obama e Senado rejeitam a demanda. 

Ontem, no programa semanal de televisão, Obama pediu que os republicanos "parem com a farsa" e votem o Orçamento.