Israelenses e palestinos querem acordo de paz em 9 meses

Autoridades israelenses e palestinas voltarão a se reunir em duas semanas, com o objetivo de conseguir um acordo de paz na região em até nove meses, explicou o secretário de Estado americano, John Kerry, ao final do encontro entre negociadores das duas partes, realizado em Washington. 

"As partes concordaram em seguir envolvidas em negociações sustentadas, continuadas e essenciais nos assuntos chave", afirmou Kerry sobre a retomada das conversações, que passaram cerca de três anos paradas.    

Para Kerry, o encontro realizado entre a ministra israelense de Justiça, Tzipi Livni, e o chefe negociador da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Saeb Erekat, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na Casa Branca, foi muito positivo. 

O secretário de Estado ainda acrescentou que "não existem alternativas" para a região.