Fundador do Cartel de Medellín morre de infarto na Colômbia

A morte de Juan David Ochoa, um dos fundadores do Cartel de Medellín, foi confirmada por seus irmãos, Marta Nieves e Jorge Luis Ochoa. Aos 65 anos, Ochoa morreu aos por volta das 5h de hoje (25), vítima de infarto.

Mais velho de três irmãos, Ochoa criou, no começo dos anos 80, ao lado de Pablo Escobar, um dos maiores cartéis de cocaína do mundo, baseado em Medellín, na Colômbia. Em 1991, Ochoa entregou-se às autoridades do país e cumpriu pena de cinco anos. Escobar morreu em 1993, em confronto com policiais.

Segundo a imprensa colombiana, Juan David Ocha dedicava-se atualmente à criação de cavalos e chegou a fundar um colégio bilíngüe perto de Medellín. O irmão de Juan David, Fabio Ochoa, cumpre pena em um presídio nos Estados Unidos, por trafico de drogas.

A irmã de Juan David, Marta Nieves, disse que passou mal em casa e chegou com vida ao hospital, mas não havia mais o que fazer para reverter o quadro de infarto. Marta foi sequestrada em 1981, e o incidente originou a criação de um dos mais temíveis grupos paramilitares que existiram na Colômbia, o Morte a Sequestradores (MAS).

Juan não tinha dívidas com a Justiça da Colômbia, porque, em 1991, entregou seus bens às autoridades do país.