Brasil presta solidariedade à Índia por enchentes que mataram 150 pessoas

O governo do Brasil, por meio do Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, lamentou hoje (21) a tragédia na Índia em decorrência das inundações que atingiram o Norte do país. Pelo menos 150 pessoas morreram na área de Uttarakhand e 60 mil ainda estão em uma região considerada de risco elevado. Em comunicado, o Itamaraty manifestou solidariedade.

“O Brasil manifesta seu pesar pelas perdas humanas e materiais causadas pelas enchentes e deslizamentos que atingem a Região Norte da Índia. O governo brasileiro transmite suas condolências e solidariedade aos familiares das vítimas, ao povo e ao governo da Índia”, diz o texto do Itamaraty.

Equipes do Exército da Índia trabalham para resgatar as 60 mil pessoas que estão em uma área de risco. Há 22 helicópteros envolvidos nas operações. Os deslizamentos de terra, segundo dados oficiais, destruíram casas, pontes e estradas, em Uttarakhand e nas regiões de Himachal Pradesh e Uttar Pradesh.

O Departamento de Meteorologia prevê mais chuva para o domingo (23) no Norte da Índia, o que deve agravar a situação que é considerada crítica pelas autoridades locais. No Nepal, país vizinho à Índia, 39 pessoas morreram e 18 estão desaparecidas também devido às enchentes.