Putin critica sistema de alerta russo contra meteoros

Após a queda de um meteoro nos Montes Urais, o presidente russo, Vladimir Putin, criticou o sistema de alerta da Rússia contra esses objetos, qualificando-o como "não totalmente eficaz". 

Durante um encontro no Kremlin com o ministro das Emergências, Vladimir Puchkov, o mandatário russo declarou que já enviou ao local do acidente um grupo de especialistas da Defesa Civial, que vai trabalhar com as equipes locais para "avaliar os danos e prestar a maior ajuda para as pessoas".    

Segundo Putin, a chuva de meteoros que atingiu hoje a região dos Montes Urais, no centro do país, "deve nos interessar não somente de um ponto de vista astronômico, importante para os especialistas, mas do ponto de vista do sistema de alerta para a população sobre esse tipo de fenômenos, por quanto possível".    

Até o momento, as autoridades registraram 500 feridos. Desses, 82 seriam crianças, sendo que duas delas estariam em estado grave.