Corpo do líder palestino Yasser Arafat é exumado

O corpo do líder palestino Yasser Arafat, que morreu em 2004, foi exumado nesta terça-feira, em Ramallah, na Cisjordânia, para realização de análises de um suposto envenenamento do qual ele teria sido alvo.

Oficialmente, Arafat morreu de falência múltipla dos órgãos, mas as suspeitas de envenenamento surgiram depois que um instituto suíço e jornalistas da rede Al Jazeera descobriram que havia material radioativo nas roupas do ex-dirigente.

Os restos mortais de Arafat foram exumados na presença de investigadores franceses e especialistas russos e suíços.

Arafat morreu aos 75 anos em 11 de novembro de 2004, em um hospital militar próximo a Paris. Depois que as análises forem feitas o corpo dele será novamente enterrado com honras militares.