Atentados matam mais de 30 pessoas no Iraque

Atentados à bomba deixaram mais de 30 mortos e 70 feridos no Norte do Iraque, neste domingo. Em um dos ataques, na cidade de Kirkuk, a 250 quilômetros de Bagdá, oito pessoas morreram e 30 ficaram feridas. As vítimas estavam em um centro de recrutamento da polícia.

Outras 11 mortes ocorreram em Balad, a 80 quilômetros da capital, quando um posto de controle militar foi atacado. 

E o consulado francês no centro da cidade de Nassiriya, a 350 quilômetros de Bagdá, também foi alvo de um atentado. Pelo menos quatro civis morreram e seis ficaram feridos.

Outras duas pessoas morreram e sete ficaram feridas na explosão de um carro-bomba estacionado nas proximidades da Frente Turcomana iraquiana em Tal Afar, 70 km ao oeste de Mossul, no norte do país.

Um outro ataque em um mercado popular da região de Al Quiba, na cidade de Basra, 560 quilômetros ao sul da capital, causou a morte de três pessoas e ferimentos em outras dez. 

Dois policiais e um civil também morreram na explosão de uma bomba na área militar de Suleiman Bik, no povoado de Tuz, 220 km ao norte de Bagdá.