Sobe para 17 número de mortos em temporal na Argentina 

Pelo menos 17 pessoas morreram em consequência das fortes chuvas de quarta-feira (4) em Buenos Aires e distritos da capital argentina. O temporal veio com muito vento e queda de granizo. Na capital, o número de mortos subiu para cinco, com a morte de um policial, arrastado do posto em que se encontrava, no bairro de Villa Soldati. Três soldados tiveram ferimentos leves. 

Segundo o coordenador do Conselho de Emergência de Buenos Aires, todo o gabinete provincial está trabalhando com as empresas de serviços e os municípios para recuperar as áreas afetadas e as empresas de energia elétrica estão fazendo o possível para normalizar o fornecimento de energia. Ele disse que o vento derrubou postes e cabos e ressaltou que a energia não pode ser restabelecida sem que haja total segurança, para evitar casos de eletrocussão.

O Ministério da Segurança informou que 600 soldados foram destacados para a região a oeste de Buenos Aires  para ações de prevenção e controle da situação nas áreas mais afetadas pelas chuvas.