Mujica se reúne com Dilma no próximo dia 5 em Brasília

O presidente do Uruguai, José Pepe Mujica se reúne na quinta-feira (5) pela manhã com a presidenta Dilma Rousseff, depois haverá uma conversa ampliada com ministros dos dois países. Do lado uruguaio estarão presentes os ministros Luis Almagro (Relações Exteriores), Fernando Lorenzo (Economia e Finanças) e Roberto Kreimerman (Indústrias e Mineração). Os ministros brasileiros que participarão da reunião ainda não foram divulgados pela Presidência da República. A comitiva uruguaia retornará a Montevidéu no final da tarde do dia 5.

Em dezembro, a presidenta participou em Montevidéu da Cúpula do Mercosul antes, em maio do ano passado, ela fez uma visita oficial ao Uruguai. Na ocasião, Dilma e Mujica decidiram intensificar as parcerias nas áreas de infraestrrutura e tecnologia. A presidenta disse que a ideia é concluir dois trechos da ferrovia que liga os dois países – entre as cidades gaúchas de Cacequi e Santana do Livramento, na fronteira uruguaia.

O Brasil é o principal destino das exportações uruguaias e também o principal fornecedor do país vizinho. Durante a visita a Montevidéu, a presidenta ressaltou a necessidade de ampliar as trocas comerciais para garantir um crescimento acima das taxas mundiais nos últimos anos.

Em 2010, o intercâmbio bilateral ultrapassou US$ 3 bilhões, o que representou um aumento de 19,4% em relação ao ano anterior. O comércio foi equilibrado, com aproximadamente US$ 1,5 bilhão tanto de exportações quanto de importações provenientes do Uruguai.

Para a integração no setor de energia elétrica, Dilma defendeu a criação de um novo marco jurídico para reger a relação entre os dois países, assegurando o intercâmbio de energia elétrica em busca de solucionar as dificuldades do setor em curto prazo. Os dois países negociam a construção de uma linha de transmissão de 500 quilovolts (kV), que vai interligar o Brasil com o Uruguai.

Pelo planejamento em curso, a linha de transmissão deve ficar pronta neste ano. A ideia é interligar Candiota, no Rio Grande do Sul, a San Carlos, cidade próxima a Montevidéu. O projeto será desenvolvido pela Eletrobras em conjunto com a empresa uruguaia UTE.

A última visita de Mujica ao Brasil foi no dia 17 de janeiro, quando ele foi a São Paulo prestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava em tratamento de combate ao câncer. Lula, Mujica e Dilma são amigos e construíram suas trajetória políticas na luta contra governos autoritários e todos foram presos durante os períodos militares do Brasil e do Uruguai.