Israel acusa Irã de estar por trás de ataques em embaixadas

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, acusou nesta segunda-feira o Irã pelos ataques contra funcionários das embaixadas israelenses na Geórgia e na Índia que feriram ao menos duas pessoas.

"O Irã está por trás destes ataques. É o maior exportador de terror no mundo", disse Netanyahu a membros de seu partido Likud.

A polícia indiana informou que duas pessoas ficaram feridas na explosão de um automóvel da embaixada israelense em Nova Délhi.

O veículo, que estava estacionado na rua, diante da embaixada, que fica em um bairro residencial da capital indiana, ficou completamente destruído. As causas da explosão são desconhecidas.

Em Tiblisi, agentes da polícia desativaram uma bomba instalada debaixo do carro de um funcionário da embaixada de Israel.