EUA valorizam gratidão expressa por Irã em resgate de pescadores

Os Estados Unidos reconheceram neste sábado que o governo do Irã valorizou as ações de marinheiros americanos que resgataram 13 pescadores iranianos capturados por piratas perto do Golfo pérsico.

"Valorizamos o reconhecimento do Irã da natureza humanitária das ações da Marinha americana", afirmou Tommy Vietor, porta-voz do Conselho Nacional de Segurança, órgão que serve ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em assuntos de segurança interna e internacional.

"Nossa presença naval e em torno do Golfo pretende contribuir para a segurança dessa parte do planeta e abordar uma série de missões diferentes, incluindo a luta contra a pirataria", afirmou Vietor.

O resgate foi realizado na quinta-feira por uma das muitas embarcações que escoltavam porta-aviões "USS John C. Stennis", o qual Teerã advertiu com antecedência nesta semana que se mantivesse longe das águas do Golfo, já que caso contrário enfrentaria a força da Marinha iraniana.