Coreia do Norte pede que seu povo defenda o novo líder até a morte 

SEUL, 31 dezembro 2011 (AFP) - A Coreia do Norte pediu neste domingo, hora local, que o povo defenda o novo líder Kim Jong-Un até a morte, em um editorial sobre o Ano Novo que estabelece a política do país para 2012.

"Partido, exército e todo o povo devem possuir a firme convicção de que se tornarão escudos humanos na defesa de Kim Jong-Un até a morte", afirma o texto.