Hillary Clinton anuncia ajuda de US$ 1,2 milhão para Mianmar

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ofereceu nesta sexta-feira 1,2 milhão de dólares de ajuda à sociedade civil de Mianmar durante sua histórica visita a este país.

Em uma entrevista coletiva concedida em Yangun ao fim da visita a esta nação, que por muito tempo permaneceu isolada da comunidade internacional, Clinton disse que o valor será destinado ao microcrédito, saúde e ajuda às vítimas dlas minas terrestres.

"Estamos prontos a seguir ainda mais longe se as reformas continuarem", disse a chefe da diplomacia americana.

Hillary Clinton afirmou que Washington ajudará os grupos da sociedade civil que oferecem microcréditos, atendimento médico e outras necessidades importantes através do país, em particular nas zonas de minorias étnicas.

Mas a secretária de Estado destacou que o novo regime birmanês deverá ampliar as reformas para permitir o fim das sanções econômicas americanas aplicadas desde o fim da década de 90.