Um encantador de serpentes se vinga da receita federal na Índia

Um encantador de serpentes soltou dezenas de répteis em uma repartição da receita federal no norte da Índia para expressar seu descontentamento ante a ausência de resposta dos funcionários a um pedido seu.

Aterrados, alguns empregados subiram nas mesas ou fugiram do escritório ao ver que Hakkul, o encantador de serpentes, deixou sair de três bolas várias cobras.

"Ele apresentou um pedido de terreno para alojar suas serpentes", explicou Subhash Mani Tripathi, chefe da administração local encarregado de coletar os impostos, entrevistado pela AFP na cidade de Harraiya, no Estado de Uttar Pradesh.

"Não existem disposições legais que permitam alojar serpentes num terreno. Ao invés de esperar uma resposta por escrito, que nós íamos enviar, Hakkul preferiu provocar o pânico jogando suas cobras por toda a repartição", contou.

O encantador explicou à imprensa local que um terreno lhe havia sido prometido há dois anos. "Depois de esperar tanto tempo, não tive outra saída a não ser soltar minhas serptentes".

A polícia informou que ninguém ficou ferido no incidente, mas que não conseguiu recolher todos os répteis.