Rússia saúda acordo nuclear iraninao e pede novas consultas

Agência AFP

MOSCOU - O presidnte russo, Dimitri Medvedev, saudou nesta segunda-feira o acordo sobre o tema nuclear obtido pelo Irã com ajuda do Brasil e da Turquia, mas afirmou que ainda são necessárias novas consultas para resolver as questões ainda sem resposta.

"Devemos realizar imediatamente consultas com todas as partes interessadas, incluindo o Irã, e depois ver o que será preciso fazer", acrescentou durante uma coletiva de imprensa em Kiev, capital da Ucrânia, onde se encontra de visita.

Irã, Brasil e Turquia assinaram nesta segunda-feira um acordo para a troca de urânio iraniano por combustível nuclear enriquecido a 20% em território turco, com o objetivo de superar a crise provocada pela política de enriquecimento de urânio de Teerã.

O acordo foi assinado pelos ministros das Relações Exteriores dos três países na presença dos presidentes iraniano, Mahmud Ahmadinejad, e brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e do primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

O projeto, resultado da mediação do Brasil, foi elaborado ao fim de 18 horas de negociações.