França vê progressos importantes na ONU sobre sanções contra o Irã

Agência AFP

PARIS - O ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, afirmou nesta segunda-feira que "progressos bastante importantes" estão sendo obtidos no Conselho de Segurança da ONU a respeito das sanções contra o Irã pelo programa nuclear do país.

"Progressos na resolução nas Nações Unidas bastante importantes foram alcançados nos últimos dois dias", disse Kouchner, sem revelar detalhes.

Para o chanceler francês a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) é quem deve posicionar-se sobre o acordo assinado nesta segunda-feira por Irã, Brasil e Turquia, para a troca de urânio iraniano por combustível nuclear enriquecido a 20% em território turco.

"Não somos nós que devemos responder. É a AIEA", declarou Kouchner à AFP.

"Saudamos o acordo e a tenacidade com a qual nossos amigos turcos e brasileiros realizaram as conversações. Sempre é bom falar e sempre é melhor escutar", completou.