Irã: jornalista condenada em greve de fome

JB Online

TEERÃ - A jornalista americana Roxana Saberi, condenada a oito anos de prisão no Irã por espionagem, encontra-se frágil, mas "encorajada" e decidida a continuar, após uma semana em greve de fome na prisão de Evin, declarou seu advogado Abdul Fatah Sultani.

A jornalista começou uma greve de fome dois dias após conhecer sua sentença, e desde então só aceita ingerir líquidos. Roxana Saberi foi condenada na semana passada a oito anos de prisão por um tribunal revolucionário de Teerã após julgamento a portas fechadas.