Americano quer de volta rim doado à ex-mulher

Agência AFP

NOVA YORK - "Quero o rim de volta", disse um nova-iorquino divorciado ao reclamar a devolução do órgão doado à ex-mulher há oito anos.

Richard Batista, cirurgião de Long Island, afirma ter doado um de seus rins à ex-esposa Dawell Batista, que, em agradecimento, o traiu, motivo pelo qual pediu o divórcio.

O advogado de Batista quer que o rim seja devolvido a seu cliente ou que seja paga uma indenização de US$ 1,5 milhão, informaram o New York Post e o Daily News.

Batista disse que a relação de sua ex-mulher com outro homem "destroçou e continua destroçando meu coração", escreve o Daily News.

- Teoricamente pedimos a devolução do rim, mas, evidentemente, não é o rim o que ele quer, e sim seu valor - explicou o advogado ao New York Post.