Ingrid aceita convite de viajar ao Brasil

Jornal do Brasil

RIO - Ex-refém das Farc enviou uma carta ao embaixador brasileiro na França

Ingrid Betancourt, ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), aceitou o convite de viajar ao Brasil, em carta ao embaixador brasileiro na França, José Maurício Bustani. Segundo o senador Pedro Simon (PMDB-RS), a visita deve acontecer no próximo mês.

É muito importante que ela tenha mostrado formalmente a sua disposição de viajar ao Brasil. Acredito que é um passo para que possamos tratar da situação na Colômbia acrescentou Simon.

Na carta, Ingrid manifestou o desejo de aceitar o convite , mas não precisou a data da visita. Simon se reuniu em Paris com Bustani e agradeceu a sua colaboração nas mediações com Ingrid.

A carta de Ingrid Betancourt e a reunião do presidente Lula com o colombiano Álvaro Uribe são acontecimentos importantes declarou o parlamentar.

Simon assegurou que há um clima favorável para buscar caminhos, ou demandas que favoreçam o início de uma aproximação que chegue a uma solução sobre o tema dos reféns na Colômbia .

Militares disfarçados

Dois militares que participavam da operação de resgate que permitiu a libertação, em 2 de julho, de 15 reféns das Farc, incluindo Ingrid, se fizeram passar por jornalistas da rede de TV Telesur, com sede em Caracas, segundo o ministro colombiano da Defesa, Juan Manuel Santos.

O ministro, que apresentou os detalhes da operação militar no centro de estudos para o progresso americano em Washington, revelou que os militares envolvidos na operação ensaiaram seus papéis como se fossem atores.