Ataques racistas deixam 12 mortos na África do Sul

Agência AFP

JOHANESBURGO - Pelo menos 12 pessoas morreram em uma série de ataques violentos contra imigrantes, informou neste domingo a polícia sul-africana.

- De sexta-feira até hoje, 12 pessoas morreram - declarou à AFP o policial Govindsamy Mariemuthoo, ao ser questionado sobre a onda de violência que começou no domingo passado e que se intensificou neste fim de semana.

O presidente sul-africano, Thabo Mbeki, anunciou neste domingo a criação de uma comissão para examinar os ataques racistas e pediu à polícia uma atuação firme contra os agressores.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais