Hugo Chávez descarta diálogo com Alvaro Uribe

Agência AFP

CARACAS - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou em Lima que não há condições para falar com o presidente colombiano, Alvaro Uribe, a quem chamou de "arauto da desunião" na América Latina.

- Não há condições para conversar com Uribe. Para falar com ele teria de descer a um pântano - disse Chávez à imprensa, depois que jornalistas perguntaram se ele conversaria com o governante colombiano na V Cúpula da América Latina e Caribe-União Européia.

O caudilho venezuelano aproveitou para acusar Uribe de "manipulação", rejeitando o relatório da Interpol que certifica a autenticidade dos arquivos eletrônicos encontrados nos computadores do guerrilheiro morto das Farc Raúl Reyes.

Bogotá sustenta que, entre esses documentos, há provas da ligação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com os governos de Quito e Caracas.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais