Ataque contra embaixada dos EUA em Bagdá deixa três americanos feridos

JB Online

BAGDÁ - Três cidadãos americanos ficaram feridos nesta quarta-feira após o impacto de projéteis de morteiro contra a embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, que fica na Zona Verde, informou um porta-voz da legação diplomática.

O porta-voz, que não especificou se os feridos são civis ou militares, não deu mais detalhes sobre o episódio.

Anteriormente, fontes policiais iraquianas afirmaram que ao menos uma pessoa morreu nesta quarta-feira(26) e outras quatro ficaram feridas após o impacto de um projétil contra a sede do Ministério de Relações Exteriores do Irã, que fica na mesma região.

Segundo as fontes, este é o terceiro ataque deste tipo na área em menos de 24 horas.

O complexo da embaixada americana na capital iraquiana é a maior legação diplomata dos EUA em todo o mundo.

Além da embaixada americana, a Zona Verde de Bagdá abriga o escritório de primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, assim como outros edifícios institucionais e as sedes de outras legações diplomáticas.