'Quando falo com líderes estrangeiros, eu digo a eles: a América está voltando', afirma Biden

Em referência indireta a Biden, Bolsonaro disse que o Brasil precisava de "pólvora" para defender a Amazônia de interesses externos

Reuters / Jonathan Ernst
Credit...Reuters / Jonathan Ernst

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nessa terça-feira (10) pelo Twitter que, em suas conversas com líderes de outros países, ele diz que a "América está voltando".

Apesar da contagem dos votos no pleito presidencial norte-americano ainda não ter terminado oficialmente, o democrata já alcançou 290 delegados no colégio eleitoral e pode ser considerado vencedor. Com 214 delegados, o atual presidente, Donald Trump, não reconheceu a derrota e prometeu ir à Justiça para contestar os resultados.

Após ser declarado vencedor pela mídia estadunidense, a vitória de Biden foi reconhecida pela maioria dos chefes de Estado e de governo do mundo.

Biden escreveu no Twitter, onde se descreve em seu perfil como presidente eleito, que a "América" estava "voltando ao jogo".

"Quando eu falo com líderes estrangeiros, eu digo a eles: a América está voltando. Nós estamos voltando para o jogo", escreveu o democrata.

Quando eu falo com líderes estrangeiros, eu digo a eles: a América está voltando. Nós estamos voltando para o jogo

Bolsonaro: Brasil precisa de 'pólvora'
O governo de Jair Bolsonaro, aliado de Trump, até o momento ainda não parabenizou o democrata pela vitória.

Nessa terça-feira (10), em referência indireta a Biden, Bolsonaro disse que o Brasil precisava de "pólvora" para defender a Amazônia de interesses externos.

"O Brasil é um país riquíssimo. Assistimos há pouco um grande candidato à chefia de Estado dizer que se eu não apagar o fogo na Amazônia levanta barreiras comerciais contra o Brasil. Como é que nós podemos fazer frente a tudo isso? Apenas na diplomacia não dá. Porque quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, se não, não funciona", disse o presidente em evento no Palácio do Planalto.