Publicidade

Fernández preferiu ver derrota de seu time de futebol a ver Bolsonaro no Uruguai, diz mídia

Enquanto as relações de Bolsonaro e Fernández, volta e meia, apresentam troca de farpas, a mídia diz que o chanceler argen...

REUTERS/Agustin Marcarian
Credit...REUTERS/Agustin Marcarian

Enquanto as relações de Bolsonaro e Fernández, volta e meia, apresentam troca de farpas, a mídia diz que o chanceler argentino arranjou encontro entre os dois presidentes no Uruguai, mas Fernández não foi.

Antes mesmo do início de seu governo, o presidente argentino Alberto Fernández já tinha protagonizado episódios de tensão com seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro.

Sabe-se que as opiniões dos dois líderes divergem em alguns temas, apesar das relações históricas e estratégicas entre o Brasil e a Argentina.

'Dando bolo'

No último domingo (1°), Luis Lacalle Pou tomou posse como novo presidente do Uruguai. Na cerimônia de posse estiveram presentes diversos chefes de Estado, entre os quais o presidente Bolsonaro.

Conforme publicou o portal Infobae, o chanceler argentino, Felipe Solá, havia organizado um encontro entre Bolsonaro e Fernández na ocasião da posse de Lacalle Pou.

No entanto, Fernández não compareceu à posse, não tendo o encontro ocorrido.

Partida de futebol

Enquanto Lacalle assumia a presidência, na Argentina começou a circular uma foto de Fernández no estádio José Amalfitani, propriedade do clube Vélez Sarsfield, onde seu time de futebol, Argentinos Juniors, perdeu para os anfitriões por dois a zero.

A foto foi publicada no Twitter, como visto abaixo:

O presidente da Nação, Alberto Fernández, assistiu a partida entre o Vélez e o Argentinos Juniors

Efeito dominó?

Ainda segundo a mídia, a foto já teria chegado a Brasília, dando início a um efeito dominó, podendo trazer consequências para as relações bilaterais, enquanto os dois países divergem sobre o formato de relações com a União Europeia e a criação de um acordo de livre comércio entre o bloco e o Mercosul. (Sputnik Brasil)