Premier da Itália depõe hoje no Senado sobre 'caso Rússia'

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, presta depoimento no Senado nesta quarta-feira (24) sobre as supostas conexões entre a Rússia e um dos partidos da base aliada, a ultranacionalista Liga.

A sabatina de Conte está marcada para começar às 16h30 (11h30, no horário de Brasília). O premier se explicará ao Parlamento antes mesmo do secretário da Liga, o ministro do Interior Matteo Salvini.

O caso estourou quando o site BuzzFeed revelou que Gianluca Savoini, ex-porta-voz de Salvini, falara abertamente com dois cidadãos russos sobre um repasse milionário para o partido.

A conversa ocorreu no Hotel Metropol, em Moscou, em outubro de 2018, durante uma visita oficial do ministro do Interior à Rússia. No diálogo, Savoini e dois russos discutem a criação de um fundo de US$ 65 milhões a ser usado pela Liga nas eleições europeias de maio passado, com recursos obtidos da venda de petróleo para a estatal italiana ENI.

Não se sabe, no entanto, se a negociação chegou a ser concluída. Salvini diz que seu partido nunca recebeu dinheiro da Rússia, e o Kremlin afirma que jamais ofereceu suporte financeiro a legendas políticas na Itália.

Em sua audiência no Senado, Conte deverá explicar a presença de Savoini em um jantar de gala oferecido pelo governo ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, em 4 de julho. A oposição também tenta convocar Salvini a se explicar na Câmara dos Deputados e apresentou um projeto para criar uma comissão parlamentar de inquérito no Senado.