Investigação sobre corrupção na Pemex atingirá conselho, diz procurador do México

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O procurador-geral do México disse nesta quarta-feira que as investigações sobre um caso de corrupção na Petróleos Mexicanos (Pemex) vão atingir o conselho de administração da petrolífera que estava empossado no governo passado.

Na terça-feira, o tribunal ordenou a prisão de Emilio Lozoya, diretor-geral da Pemex durante o governo de Enrique Peña Nieto, por supostos atos de corrupção relacionados à construtora brasileira Odebrecht.

(Por Diego Oré)