Bernie Sanders arrecada US$ 18 milhões para sua campanha eleitoral nos EUA

O pré-candidato presidencial dos Estados Unidos, Bernie Sanders, anunciou nesta terça-feira que arrecadou US$ 18 milhões no primeiro trimestre do ano, uma quantia significativa que se soma a sua liderança nas pesquisas, em que 16 candidatos lutam para representar os democratas.

"Estamos construindo uma coalizão sem precedentes não apenas para derrotar Trump, mas para transformar o país em um que funcione para todas as pessoas", disse no Twitter Sanders, um independente que representa as tendências mais esquerdistas da disputa.

Desde o anúncio de que ele competiria pela indicação em 19 de fevereiro, a campanha de Sanders arrecadou US$ 18,2 milhões de doações de 525 mil pessoas, que entregaram uma média de US$ 20.

A maioria dos doadores tem menos de 39 anos, o que para o diretor de campanha do senador Faiz Shakir, de 77 anos, representa uma vantagem "enorme".

A esses fundos se somam as doações recebidas antes de Sanders anunciar que ele estava lançando na corrida presidencial. No total, sua equipe de campanha arrecadou US$ 32 milhões no primeiro trimestre e terminou este período com US$ 28 milhões em seus cofres.

Bernie Sanders domina a disputa entre os candidatos já declarados à procura da nomeação para concorrer contra o presidente dos EUA, Donald Trump, nas eleições presidenciais de novembro de 2020.

elc-an/lp/cc