Polícia identifica sobrevivente de massacre que se matou após um ano nos EUA

A polícia identificou um sobrevivente do massacre do ano passado em uma escola em Parkland, no sul da Flórida, que cometeu suicídio no último final de semana poucos dias após o suicídio de um primeiro aluno.

A polícia de Coral Springs - uma pequena cidade vizinha a Parkland, ao norte de Miami - confirmou à AFP na quarta-feira que Calvin Desir, 16 anos, morreu no sábado em aparente suicídio.

Desir sobreviveu ao ataque na escola Marjory Stoneman Douglas (MSD) em 14 de fevereiro do ano passado, quando um ex-aluno entrou armado com um rifle semiautomático AR-15 e matou 17 pessoas.

A família de Desir publicou uma página do GoFundMe onde ele escreve que o jovem aspirava a ser engenheiro e "sempre encontrava novos projetos na casa para testar suas habilidades".

Uma semana antes de Desir, outra estudante da MSD, Sydney Aiello, de 19 anos, tirou a própria vida.

A mãe de Aiello disse à imprensa local que sua filha sofria de "culpa de sobrevivente", na qual a vítima se pergunta por que ela - e não as outras - foi salva da morte e da síndrome do estresse pós-traumático.

A polícia de Coral Springs está organizanda um evento sobre saúde mental e prevenção do suicídio nesta tarde de quarta-feira.

"Não podemos permitir que os acontecimentos daquele dia tirem a vida de outro dos nossos filhos", escreveu a polícia no convite.

Em um terceiro incidente, na segunda-feira, o pai de uma menina que morreu no ataque a Sandy Hook, uma escola primária em Connecticut (nordeste), também se suicidou.

Jeremy Richman, 49, perdeu sua filha de seis anos no massacre, onde 20 crianças e seis adultos morreram em 2012.

Ryan Petty, pai de uma jovem vítima de Parkland, disse à AFP na segunda-feira que Richman visitou os moradores da cidade do sul da Flórida há apenas uma semana.

"Ele esteve aqui em Parkland na semana passada, veio conhecer algumas das famílias daqui, para ajudar", disse Petty, cuja filha de 14 anos, Alaina, morreu no ataque de 14 de fevereiro do ano passado.

lm/rsr/cc