Trem norte-coreano que pode estar transportando Kim Jong Un chega à China

Um trem que poderia estar transportando Kim Jong Un chegou neste sábado à China proveniente da Coreia do Norte, quatro dias antes da cúpula programada entre o líder norte-coreano e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Vietnã, segundo várias fontes.

O comboio atravessou a ponte sobre o rio Yalu que separa a Coreia do Norte da China, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap e o site especializado NK News, enquanto jornalistas presentes na cidade fronteiriça chinesa de Dandong permaneciam afastados da ferrovia por ordem das forças de segurança.

O dispositivo de segurança era impressionante antes da chegada do trem, com barreiras de metal que impediam o acesso a 100 metros dos trilhos e das margens do rio da fronteira, segundo um jornalista da AFP.

Os convidados de um hotel em frente à ponte fronteiriça tiveram que deixar o estabelecimento às pressas na sexta-feira.

O motivo oficial era que o hotel seria reformado.

"O trem é longo e cruzou a ponte a uma velocidade menor do que um trem turístico, mas não há dúvida de que é por causa dele, há muita polícia", declarou uma fonte sem identificar à NK News, aludindo a Kim.

Apenas as luzes dianteiras da locomotiva estavam acesas ao atravessar o rio.

bur-bar/lpt/jz/eg/cn