Cardeal admite que Igreja católica destruiu arquivos sobre abusos sexuais

A Igreja católica destruiu arquivos sobre os autores de abusos sexuais, reconheceu neste sábado o cardeal alemão Reinhard Marx durante uma reunião histórica no Vaticano sobre a luta contra a pedofilia.

"Os arquivos que poderiam documentar estes atos terríveis e indicar o nome dos responsáveis foram destruídos ou inclusive não chegaram a ser criados", afirmou o presidente da Conferência Episcopal Alemã.

cm/ob/erl/ra/fp