Porta-voz nega que viagem de Mourão seja desprestígio a Ernesto Araújo

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, negou na quinta-feira, 21, que a ida do vice-presidente Hamilton Mourão à Colômbia, para a reunião do Grupo de Lima, seja um desprestígio para o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo. "O general Mourão e ministro Ernesto (Araújo), ao co-participarem do evento, ao contrário de um enfraquecimento, é uma demonstração do Estado brasileiro de suporte ao Grupo de Lima neste processo de tentativa de solução que está ocorrendo na Venezuela", disse ele ao ser questionado sobre o assunto durante briefing à imprensa no Palácio do Planalto.

 

Macaque in the trees
Porta-voz da Presidência da República, general Otávio do Rêgo Barros (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil )

O Planalto lembrou ainda que esta é reunião é de presidentes e, como tal, nada mais natural do que Jair Bolsonaro mandar seu vice para representá-lo, ao lado do chanceler brasileiro.