Jornal do Brasil

Internacional

Trump adverte Fed a não cometer um "novo erro"

Jornal do Brasil

O presidente americano Donald Trump advertiu o Federal Reserve (Fed, banco central) a não cometer um "novo erro" com o aumento das taxas de juros, um dia antes da decisão da instituição monetária.

"Espero que as pessoas do Fed leiam o editorial do Wall Street Journal antes de cometer um novo erro", tuitou o presidente.

"Sintam o mercado, não sigam apenas números sem sentido, Boa sorte!", completou.

Pelo segundo dia consecutivo o presidente recorreu a sua arma comunicação preferida, o Twitter, para tentar influenciar o Comitê de Política Monetária do Fed, que inicia nesta terça-feira uma reunião de dois dias.

Para a maioria dos especialistas, não há dúvida de que o Fed vai aumentar a taxa básica de juros em 0,25% na quarta-feira.

A pressão do presidente americano parece que fortalece o comitê: não aumentar a taxa na quarta-feira seria dar a impressão de que a instituição, muito preocupada com sua independência, está sob suas ordens.