Suposto autor de atentado em Estrasburgo é morto pela Polícia

A polícia francesa anunciou nesta quinta-feira (13) que Chérif Chekatt, principal suspeito do atentado contra um mercado de Natal de Estrasburgo, foi morto durante uma blitz das forças especiais da França. De acordo com as autoridades locais, a operação ocorreu na rua du Lazaret, e o atirador estava munido de uma pistola e uma faca. Testemunhas relataram que Chekatt teria ameaçado os policiais.
"Ele atirou primeiro contra a polícia, que, posteriormente, o neutralizou", informou a rádio France Info, ressaltando que Chekatt estava refugiado em um armazém próximo a Plaine des Bouchers, no centro de Estrasburgo, no bairro do Meinau. O suspeito tem 29 anos e é cidadão francês originário da própria Estrasburgo. Ele estaria em uma lista de radicalizados e de alta periculosidade na França.
O atentado ocorreu na rua Des Grandes-Arcades, no centro da cidade, próximo do local onde é realizado o tradicional mercado de Natal da cidade. O balanço é de três mortos, além de uma pessoa com morte cerebral, e 16 feridos. Após a operação, o ministro do Interior, Christophe Castaner, anunciou que o mercado de Natal será reaberto amanhã (14), mas terá a segurança reforçada. Segundo ele, a reabertura foi motivada pelo desejo de "não ceder ao medo".

Macaque in the trees
Flores e cartazes em memória às vítimas do tiroteio em Estrasburgo (Foto: SEBASTIEN BOZON / AFP)