Jornal do Brasil

Internacional

Governo francês pede aos "coletes amarelos" que não protestem sábado

Jornal do Brasil

O governo francês pediu aos "coletes amarelos" que não protestem no sábado e sejam razoáveis após o atentado de terça-feira em Estrasburgo, que deixou dois mortos e 14 feridos, um deles em estado de morte cerebral.

"Pedimos, responsavelmente, que sejam razoáveis e não protestem", afirmou o porta-voz do governo, Benjamin Griveaux, em um discurso aos "coletes amarelos".

O governo "ouviu e respondeu à revolta" expressada nos protestos, completou Griveaux, antes de afirmar que no momento o governo "não decidiu proibir as manifestações".

"Não é razoável manifestar porque as forças de segurança foram muito mobilizadas nas últimas semanas e depois do atentado de Estrasburgo seria desejável que cada um pudesse ter um sábado tranquilo, antes das festas de família de fim de ano, ao invés de protestar e mobilizar novamente as forças de segurança", disse o porta-voz.

ggy/el/pta/zm/fp