Jornal do Brasil

Internacional

Intervenção em Roraima deve começar amanhã e irá até fim do ano

Jornal do Brasil

A intervenção federal no Estado de Roraima passa a valer a partir desta segunda-feira dia 10, quando deve ser publicada no Diário Oficial da União a medida. Depois da publicação, o Congresso tem até 24 horas para aprová-la.

A decisão ocorre por conta da paralisação de agentes penitenciários e da Polícia Militar, além da crise provocada pela imigração de venezuelanos. O prazo da medida será até 31 de dezembro.

O interventor no Estado será Antonio Denarium (PSL), o futuro governador, que assume oficialmente o cargo em janeiro. Ele fica no lugar da atual governadora Suely Campos (PP), que será afastada.

Além dele, serão nomeados dois secretários: o general Eduardo Pazuello, responsável pela operação de acolhimento dos venezuelanos, e o administrador federal do Sistema Penitenciário do Estado, Paulo Rodrigues da Costa. Há uma reunião agendada com o presidente Michel Temer na terça-feira, 11.

Denarium afirmou que sua prioridade será pagar os salários atrasados dos servidores. Segundo ele, há um compromisso do governo federal de sanear as contas do governo de Roraima.