Animal escapa do abate por peso e altura muito acima da média

As dimensões de um boi da raça Holstein-Friesian na Austrália o livraram do corredor da morte: no mês passado, ao ser colocado em leilão, os matadouros do país revelaram não ter condições de lidar com o animal. Aos sete anos, Knickers (calcinha, em português), possivelmente o maior e mais pesado boi do país, pesa 1,4 tonelada, o equivalente a um automóvel compacto, e mede 1,94 metro de altura, equiparável a um jogador de basquete americano, e poderá viver até o fim dos seus dias sem contar com a fatalidade do abate no seu destino.

No entanto, nem tudo são flores para o animal: castrado, não poderá procriar nem gastar seu tempo com uma parceira, apesar da vida mansa e sem compromisso no pasto por longos anos - a expectativa de vida de um boi pode chegar a 22 anos. As fotos do bovino viralizaram na internet depois de uma reportagem produzida pela emissora pública de televisão da Austrália.

Macaque in the trees
"Calcinha" (centro) se destaca visualmente não apenas pelo tamanho, mas também pelas cores (Foto: BBC)

Knickers vive em uma fazenda em Myalup, a quase 150 quilômetros da cidade de Perth, no sudoeste australiano. O nome “calcinha” foi uma brincadeira em referência a outro boi do rebanho, Brahman, que havia sido batizado de Bra (sutiã, em português), com quem Knickers socializava com frequência.

Segundo o dono de Knickers, Geoff Pearson, que tem 20 mil cabeças de gado, o “superboi” foi comprado quando tinha 12 meses, sem qualquer sinal de que cresceria de forma tão peculiar. Ele se tornaria o líder do rebanho e, antes de se destacar pelas suas dimensões, escapou várias vezes do abate justamente pelo seu comportamento com os demais bois. As cores preto e branco favorecem também o destaque do superboi em meio aos demais, no geral marrons ou pretos da raça wagyu.

Quando Pearson percebeu que ele estava crescendo demais, no mês passado, o produtor agrícola tentou vendê-lo em leilões, mas a incapacidade técnica dos frigoríficos na Austrália inviabilizou seus planos e ele decidiu mantê-lo vivo.

Atualmente, segundo o Guinness Book, o maior boi do mundo atualmente é italiano. Bellino, da raça Chianina, tinha 2 metros de altura quando foi medido pela equipe do livro dos recordes, em 2010.